Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mochila Vermelha

Seg | 05.09.16

Caderno de poemas

Às vezes é bom ir remexer nos baús das recordações! Já há algum tempo que andava para procurar o meu caderno de poemas. Sabia que o tinha guardado, mas não tinha bem a certeza onde! Após tentar vários locais, achei-o! 

 

Quando era miúda, tinha o sonho de escrever um livro, então sempre que escrevia um poema que gostava, transcrevia-o para este caderno!

 

Confesso que fiquei surpreendida, a primeira entrada no meu caderno, data de agosto de 1991, tinha eu nove anos de idade! Não me lembrava mesmo que escrevi o meu primeiro poema tão novinha!

 

Pode não ser uma grande obra prima da literatura, mas mesmo assim vou partilhá-lo convosco, porque é muito especial para mim!

 

Mar

 

As ondas vêm 

As ondas vão,

Deixam na brisa o cheiro a água salgada,

Que me inspira

Quando escrevo um poema.

Que saudades tenho do Verão!

Da praia,

Dum mergulho na água salgada,

Deste nosso misterioso mar!

As ondas vêm 

As ondas vão,

E levam nelas este meu poema...

 

9 comentários

Comentar post