Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Mochila Vermelha

Sex | 20.01.17

Os Encantos de Coimbra II

No último post, falei sobre a Universidade de Coimbra, como sendo o encanto número 1 da cidade, e sem dúvida um dos símbolos e aquela que mais a caracteriza.

 

No entanto, Coimbra é também chamada de cidade museu, isto só quer dizer que tem imensos locais de interesse. O melhor mesmo é literalmente perder-se nas pequenas ruelas da alta e da baixa, subir e descer sem rumo e apreciar a sua beleza e magia. Cada edifício é único e arquitetonicamente belo.

 

2. Jardim Botânico da Universidade de Coimbra
Data de 1772, foi criado por iniciativa do Marquês de Pombal, tem uma área de cerca de 13 hectares, em terrenos doados na sua maioria por frades beneditinos. O jardim dispõe de plantas de todo o mundo, pelo que pode ser considerado um museu vivo. Para mais informações sobre o jardim, visitas e actividades, clica aqui.

 

IMG_20170112_094252309.jpg

 

3. Igreja do Mosteiro de Santa Cruz

A construção do mosteiro iniciou-se em 1131 por ordem do Rei D. Afonso Henriques, tendo sofrido várias obras ao longo do tempo e algumas modificações. É nesta igreja que se encontram os túmulos de D. Afonso Henriques e D. Sancho I. Para mais informações clica aqui.

 

IMG_20170111_204717556.jpg

 

4. Sé Velha

Abriu ao culto em 1184. Ao longo do tempo foi recebendo obras e acrescentos de diferentes estilos arquitetónicos. Para mais informações clica aqui.

 

 

IMG_20170111_203437350.jpg

 

5. Igreja de São Tiago

A sua construção é do final do século XII, tem um estilo arquitetónico românico. Para mais informações clica aqui.

 

 

IMG_20170111_204357200.jpg

 

6. Museu Machado de Castro

Os edifícios que compõem o museu permitem uma viagem no tempo de cerca de 2000 anos. O que mais me fascina é mesmo visitar o criptopórtico romano. Este é datado de meados do século I e foi construído para administrar a Coimbra  romana, denominada por Aeminium. Para mais informações clica aqui

 

 

IMG_20170111_140117359.jpg

 

7. Quebra Costas

Escadaria que liga o Arco de Almedina ao largo da Sé Velha, ou por outras palavras a baixa da cidade à parte alta. Vale a pena subir ou descer estas escadas e apreciar as várias lojas e restaurantes.

 

IMG_20170111_203550393.jpg

 

8. Arco e Torre de Almedina

"Edificada sobre o Arco de Almedina, a Torre tinha como função vigiar e defender a principal porta de acesso ao interior da muralha. Durante a ocupação árabe da cidade, as muralhas estendiam-se ao longo de dois quilómetros, constituindo um poderoso sistema defensivo no qual se incluiam a Torre e o Arco de Almedina, que continua a ser a entrada principal para a parte alta da cidade." +info

 

IMG_20170111_203924762.jpg

 

9. Jardim da Sereia

A construção e arranjo do parque remonta aos anos de 1723 a 1752. É conhecido por este nome devido à escultura onde aparecem um tritão, um golfinho e uma sereia.

 

IMG_20170111_210840091.jpg

 

10. Jardim da Manga

Mais corretamente Antigo Claustro da Manga do Mosteiro de Santa Cruz, ou seja é tudo o que resta desse antigo claustro. Trata-se de um pequeno templo central rodeado por 4 pequenas capelas e os tanques de água.

 

IMG_20170111_205030040.jpg

 

E podia continuar a enumerar locais, como por exemplo o mosteiro de Santa Clara-a-Velha, Santa Clara-a-Nova, o Portugal dos Pequenitos, e por aí fora!

 

P.S. As fotografias foram tiradas a correr...

 

#Mochilavermelhablog

#Coimbra

20 comentários

Comentar post