Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mochila Vermelha

Sex | 04.11.16

Dia D do Clima

Hoje, dia 4 de novembro de 2016, entra em vigor o Acordo de Paris. Este pretende salvar o planeta. O objetivo principal é tentar evitar que o aquecimento global atinja mais 2 graus que aqueles que existiam antes da industralização. Ainda assim, este aquecimento de 2 graus na temperatura média da Terra terá efeitos devastadores, efeitos esses que cada vez mais sentimos na pele, inundações, ondas de calor, ventos fortes, erosão costeira, entre outros.

 

O Acordo de Paris resume-se basicamente em 5 pontos:

 

  1. Nova meta de aumento das temperaturas - Como já referi, trata-se do compromisso de manter o aumento da temperatura abaixo dos 2 graus relativamente aos níveis pré-industriais. Ou seja, no máximo até aos 1,5 graus. Trata-se de uma meta muito ambiciosa, pois já vamos em 0,8, sendo que na bacia do mediterrânico e na zona em que se encontra a Península Ibérica e Portugal, esse aumento já totaliza 1 grau.
  2. Cumprimento e força legal - O objetivo é que seja produzido um relatório de 5 em 5 anos, por cada país, sobre as medidas constantes do Acordo de Paris adotadas.
  3. Diferentes responsabilidades - Trata-se de uma forma de diferenciar países desenvolvidos e em desenvolvimento, em termos de recursos e responsabilidade nas emissões de CO2.
  4. Perdas e danos - É reafirmado o Mecanismo de Varsóvia, ou seja, os países mais ricos não estão obrigados a compensar financeiramente os mais pobres, mas sim a colaborar na partilha de informação, conhecimentos e apoio técnico.
  5. Financiamento - Os países desenvolvidos comprometem-se acontinuar a financiar até 2025 a um ritmo não inferior a 100 mil milhões de dólares por ano.

 

Pode não ser um acordo ideal e ser ainda alvo de muitas críticas, mas já é um princípio!

 

Para quem for curioso deixo aqui um website onde podem consultar estatísticas "ao minuto", por exemplo, sobre população, meio ambiente (florestas destruídas e emissões de CO2), consumo de água e energia, entre outros. Para consultar clica aqui.

 

E aí em casa, já adotaram estilos de vida mais sustentáveis? Então porque esperam? Não querem que os vossos filhos e netos usufruam da Terra como temos vindo a usufruir? Também fazemos parte da equação, e as nossas escolham têm impacto!

  

Vídeo da NASA: