Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mochila Vermelha

Sex | 21.07.17

Yangshuo

Yangshuo foi sem dúvida o ponto alto na minha viagem à China. Ou pelo menos um dos pontos altos, já que é um pouco difícil escolher entre a Muralha da China, os Guerreiros de Terracota e Xian, Zhangjiajie,.... 

100_1216.JPG

  

100_1145.JPG

 

Mas e o que tem de especial esta cidade? Bem é difícil escrever e explicar por palavras, mas é uma das paisagens mais mágicas da China, quase nos tira a respiração! 

100_1153.JPG

 

A cidade de Yangshuo fica a sudoeste de Guilin, na província de Guangxi. Guilin está conectada por comboios de alta velocidade a partir de Guangzhou e Shenzhen e também de autocarro. Aliás, os Mochileiros viajaram durante a noite de autocarro de Zuhai (Macau) para Yangshuo, onde chegaram bem cedo e foram brindados com fortes chuvas. Para além disso, também não conseguiam achar o hotel! Mas sem crise, depois de pedir ajuda a muitas pessoas, lá encontraram alguém que conhecia a rua!

100_1170.JPG

  

Também se pode fazer um cruzeiro pelo Rio Li, de Guilin para Yanshuo, e apreciar as montanhas calcárias com um formato curioso, que tornam a paisagem tão deslumbrante.

100_1171.JPG

 

O transporte mais popular é sem dúvida o tuk-tuk. Aqui está uma verdadeira frota de tuk-tuks elétricos!

100_1161.JPG

 

Uma coisa que adoro é mesmo a criatividade dos chineses, têm solução para tudo! Em Yangshuo chove muito, por isso, porque não incorporar guarda-chuvas nas motas? Engenhoso, não vos parece?

100_1164.JPG

 

Ainda hoje os mochileiros suspiram pelas beringelas mais saborosas que já comeram na vida! Foram precisamente estas! Muitos dos pratos que comi, não faço nem ideia o que eram, mas que sabiam bem, lá isso sabiam! Não se esqueçam de passar na famosa West Street (Xi Jie), onde se encontram inúmeros bares e restaurantes. É a rua mais antiga da cidade, com mais de 1400 anos de história.

100_1178.JPG

 

A forma mais popular de visitar Yangshuo é de bicicleta, no entanto, os Mochileiros optaram por fazer o passeio a pé, com calma, observar tudo, tirar muitas fotografias. Foi excelente!

100_1185.JPG

 

100_1188.JPG

 

Uma espécie de porta de entrada na cidade!

100_1197.JPG

 

100_1208.JPG

 

Muito que tentaram convencer os Mochileiros a passear no Rio Yulong de jangada! No entanto, num rio tão caudaloso, andar nestas jangadas artesanais não nos inspirou muita confiança...

100_1211.JPG

 

100_1212.JPG

 

100_1217.JPG

 

100_1218.JPG

 

100_1220.JPG

 

Como os Mochileiros andaram imenso a pé, tiveram muito tempo para apreciar todos os pormenores. Nestes campos podem-se ver os búfalos de água (existem muitos nesta região) a pastar.

100_1221.JPG

 

Foi muito difícil selecionar as fotografias, pois tenho imensas e acho todas tão bonitas! A minha vontade era colocar todas! Mas não pode ser!

100_1223.JPG

 

100_1228.JPG

 

100_1235.JPG

 

Hoje em dia, Yangshuo e as paisagens do Rio Li e Yulong são das mais famosas e visitadas da China! Se querem saber a minha opinião, vale muito a pena! É simplesmente lindo!

 

#MochilaVermelhaBlog

#China

#Yangshuo

#LiRiver

#YulongRiver

Qua | 12.07.17

Cacela Velha

Este é um daqueles locais que não me canso de visitar. É tudo tão bonito que nem existem palavras para descrever! As casas típicas são das mais bonitas do Algarve, as vistas, o forte, a igreja,.... enfim é tudo bonito mesmo!

100_2026.JPG

 

A aldeia pertence ao concelho de Vila Real de Santo António. Localiza-se numa elevação arenítica e oferece vistas fantásticas sobre o sotavento algarvio e da Ria Formosa.

100_2027.JPG

 

Foi um local de passagem de navegadores gregos e fenícios.

100_2032.JPG

 

No ano de 713, passou para o domínio muçulmano. O litoral algarvio ficou sob o controlo dos clãs árabes iemenitas e sírios.

100_2033.JPG

 

O seu nome seria Hisn-Kastala, Qastallat Dararsh, Cacetalate ou Cacila (que significava prado ou pastagem de gado), de onde derivaria o nome atual.

100_2036.JPG

 

Cacela foi conquistada aos mouros em 1240 por Dom Paio Peres Correia.

100_2037.JPG

 

Cacela ganhou carta foral a 17 de julho de 1283 por ordem de Dom Dinis.

100_2038.JPG

 

Durante o séc. XIV devido a alterações da linha da costa e aos constantes ataques de piratas a população começou a abandonar a vila e a partir para o interior, tendência que se acentuou sobretudo a partir da época dos Descobrimentos. Embora mantendo atividades ligadas ao mar, Cacela adquiriu um cariz marcadamente rural.

100_2039.JPG

 

Hoje em dia, em Cacela Velha podemos apreciar a fortaleza do séc. XVII, um edifício de duplo beiral do séc. XVI, algumas casas com arquitetura tradicional algarvia do séc. XVIII, a igreja de origem medieval (que sofreu danos no terramoto de 1755), os fornos romanos e os vestígios da muralha medieval.

100_2040.JPG

 

Que tal? É uma beleza, não é?

 

#MochilaVermelhaBlog

#Cacela

#Algarve