Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mochila Vermelha

Seg | 12.12.16

Quem nunca perdeu uma meia que levante o primeiro pé

Mochila Vermelha
Este título pode parecer um pouco estapafúrdio! Podia ter-lhe chamado cenas da vida conjugal. Mas aí corria o risco de enganar os leitores mais distraídos, que podiam vir ler a pensar que seria algo picante!    Não, sou mesmo uma daquelas estranhas criaturas friorentas, que não consegue dormir com os pés frios! Para resolver este problema durmo de meias. Para o efeito tenho pares de meias só para dormir. Saliento que estes nunca foram enxuvalhados dentro de nenhum par de sapatos!   (...)
Ter | 06.12.16

A Mochila e o Natal

Mochila Vermelha
Fui nomeada pela Filipa Bae a responder a este desafio natalício. Obrigada por te lembrares de mim!   Confesso que ainda não estou imbuída no espírito da quadra. Ainda não fiz a árvore de Natal nem o presépio e não sinto ainda vontade de nada. Faz-me confusão o uso do Natal para fins puramente comerciais. São as lojas que começam a vender artigos de natal em (...)
Qua | 30.11.16

Manualidades Mobiliárias II

Mochila Vermelha
Neste departamento, tenho ainda a apresentar a minha outra obra de arte com paletes.   Para além da cama, decidi também fazer um sofá com o recurso às paletes. Podem ver algumas das peças que compõem este puzzle clicando aqui.   Na minha modesta opinião, as únicas pessoas que se sentam num sofá são as visitas. Para mim esta peça tem que servir para me poder deitar, (...)
Seg | 28.11.16

Vermelho

Mochila Vermelha
Sim, já sei. Pensam que estou a reinar convosco. Então tenho um blogue chamado "Mochila Vermelha" mas que depois é azul.... Que raio de conversa é esta? Agora escrevo para aqui um post chamado vermelho, mas que jeito tem isto?   Passo a explicar. Sou uma miúda que adora vermelho, logo, em certos aspetos tenho que fazer escolhas que incidam noutros tons. A Mochila só por ter um logo azul, não deixa de ser vermelha na vida real... ah ah confuso? Apenas julgo que o azul é mais suave (...)
Sex | 18.11.16

Fama para totós

Mochila Vermelha
WARNING: Pode conter reflexões profundas!!!   Isto de ser blogger amadora tem destas coisas!   Ontem tinha preparado um texto de resposta a um desafio e depois reparei que me esqueci de o agendar! Então lá fui publicá-lo. Daí a algum tempo fui ver se algum dos nomeados se tinha manifestado. Bem, chego à dashboard e ele é reações, comentários por aprovar, vou às estatísticas e estão 20 pessoas novas ao mesmo tempo a ler o blogue. 20!!!!   E eu pensei, mas que raio! Vou aos (...)
Qua | 16.11.16

Sopa de rama de cherovia

Mochila Vermelha
A semana passada, um dos ítens que constava da lista de produtos biológicos que os produtores a quem costumo comprar todas as semanas me enviam, era molho de rama de cherovia (ou pastinaga). Esta raíz é muitas vezes apelidada de "cenoura branca", pois o formato é idêntico, embora a sua polpa não seja tão firme como a cenoura.   Por acaso já conhecia e já comi várias vezes cherovia nos tempos em que vivi em Londres, no entanto, não é algo que se veja muito em Portugal. (...)
Seg | 14.11.16

Manualidades Mobiliárias I

Mochila Vermelha
Na semana que passou portei-me mal na blogosfera, não escrevi e mal apareci por cá para ler os blogues que tanto gosto de seguir! As minhas sinceras desculpas! Mas foi uma semana de trabalho mesmo intensivo, todos os dias depois de chegar do trabalho, colocava a minha roupa de trabalho das obras e lá ia eu. Mas valeu a pena, o grosso do trabalho está concluído, agora faltam os pormenores.   Quando decidimos mudar para uma casa sem mobília, comecei logo a magicar como iria ser a (...)
Ter | 08.11.16

Azáfama, grande azáfama....

Mochila Vermelha
  Devem estar a pensar o que é que eu vou tirar de dentro da mochila desta vez...! Pois, ando aqui numa grande azáfama para completar os meus projetos na secção das manualidades! Já faltou mais, estão mesmo quase, quase, quase, quase, quase terminados!   Em breve contarei tudo! 
Sex | 04.11.16

Dia D do Clima

Mochila Vermelha
Hoje, dia 4 de novembro de 2016, entra em vigor o Acordo de Paris. Este pretende salvar o planeta. O objetivo principal é tentar evitar que o aquecimento global atinja mais 2 graus que aqueles que existiam antes da industralização. Ainda assim, este aquecimento de 2 graus na temperatura média da Terra terá efeitos devastadores, efeitos esses que cada vez mais sentimos na pele, inundações, ondas de calor, ventos fortes, erosão costeira, entre outros.   O Acordo de Paris resume-se (...)